Dores nas pernas podem ser sinal de doenças graves

Dores nas pernas podem acontecer por múltiplas causas, entre elas estão caminhadas ou corridas vigorosas, um trauma, uma desordem de origem nos músculos das pernas ou até mesmo doenças infecciosas como gripe ou leptospirose. Causas menos comum de dores nas pernas são câncer nos ossos, lúpus, gota e doença de Paget.

Quando a dores nas pernas estão mais relacionadas ao cansaço e falta de energia o médico pode suspeitar de fibromialgia, síndrome da fadiga crônica ou dor miofacial, por exemplo. Mas também pode serem causadas por má circulação, varizes ou neuropatia. Por serem inúmeras as causas, identificar o local exato e as características da dor, assim como se as duas pernas são afetadas ou somente uma são informações importantes para serem levadas ao médico que acompanha o caso.

De acordo com o Dr. Alexandre Amato, cirurgião vascular do Amato Instituto de Medicina Avançada, quando a dor é decorrente de algum problema nos vasos sanguíneos aparecem sintomas peculiares, que devem ser levados em consideração. Os vasos sanguíneos diferenciam-se em veias e artérias: as primeiras carregam o sangue pobre em oxigênio para o coração e depois para o pulmão e as segundas levam o sangue rico em oxigênio para os tecidos e órgãos do corpo.

“As doenças vasculares que acometem as artérias podem acarretar oclusão do fluxo de uma hora para outra, chamada oclusão arterial aguda. Além da dor intensa, as extremidades vão ficando com pouco aporte de oxigênio e nutrientes, tornando-se rapidamente frias e azuladas; o tratamento deve ser imediato. Nos eventos crônicos, para os quais a obstrução é gradativa e lenta, há dor nas pernas quando se caminha pequenas distâncias e que melhoram com o parar da caminhada, a chamada claudicação intermitente”, explica Alexandre Amato.

Quando os vasos doentes são as veias, pode ocorrer varizes visíveis e tortuosas, que doem bastante quando a pessoa permanece muito tempo em pé ou na mesma posição. Também, mesmo sem que haja varizes, pode-se haver a formação de material chamado trombo (que se forma em situações especiais) o que pode causar o aparecimento de dor e vermelhidão na panturrilha e aumento de volume dela. Esse trombo pode ainda se soltar (sofrendo embolização) por meio da circulação até o pulmão, fato que pode gerar o infarto pulmonar e, nesse caso, o tratamento também deve ser rápido.

No caso de uma neuropatia há dor grave e crônica devido as lesões nos nervos. De acordo com o Dr. Marcelo Amato, neurocirurgião do Amato Instituto de Medicina Avançada, a neuropatia é uma perturbação neurológica que afeta os nervos periféricos, responsáveis por enviar informações do cérebro e da medula espinhal para o corpo. Pessoas que sofrem de neuropatia podem ter seus nervos danificados permanentemente, muitas vezes incapacitante ou fatal.

“Causadas por lesões nos nervos, a neuropatia é dolorosa e pode ser o resultado de desequilíbrios nutricionais, infecções, diabetes, medicamentos, doenças autoimunes ou renal, alcoolismo, toxinas, tumores e traumas​.​ Os sintomas mais comuns são dores penetrantes e agudas, sensação de dormência, problemas musculares e queimadura na pele”, diz Marcelo Amato.

Portanto, dor nas pernas podem ser sinal de uma doença vascular de grande importância, neuropatia causada por diversos desequilíbrios, um trauma, fibromialgia ou simplesmente um cansaço por excesso de atividades. Para todas essas dores, a prevenção está em ter uma vida saudável com dieta equilibrada, atividade física diária e check-up periódico. Ao menor sinal da dor procure seu médico para descartar casos mais graves, para tratá-los ou para obter dicas de como se tornar ainda mais saudável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s